Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Títulos eleitorais cancelados

Títulos eleitorais cancelados

por abr publicado 03/06/2019 09h31, última modificação 03/06/2019 09h31
No Tocantins, mais de 60 mil eleitores têm o título eleitoral cancelado.

Para as eleições de 2020, 60.996 eleitores poderão deixar de cumprir com suas obrigações eleitorais devido ao cancelamento do Título. Dos 66.330 eleitores tocantinenses faltosos, apenas 4.948 se apresentaram nos cartórios eleitorais, para se regularizar na data estipulada pela Justiça Eleitoral, dia 06 de maio.

Como saber se seu foi título cancelado:

Basta consultar a situação no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na área de “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título”. Caso prefira, o eleitor pode comparecer a qualquer cartório eleitoral com um documento de identificação com foto.

Acesse as estatísticas de cancelamentos de títulos na seção “Estatísticas do eleitorado – Eleitores faltosos” do Portal do TSE.

Os três maiores colégios eleitorais do Estado, juntos somaram mais de 25 mil títulos cancelados e apenas 2.277 documentos foram regularizados: 

Cidade

   Regularizados   

   Cancelados   

Palmas

1.169

13.297

   Araguaína   

763

7.773

Gurupi

345

4.487

Total

2.277

25.557

Consequências:

O eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo Governo.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para inscrição, investidura e nomeação em concurso público; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo Governo; e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado, entre outras.

Fonte: TRE/TO - http://www.tre-to.jus.br / Imagem: Internet.